Blog

Sistema de Gestão da Qualidade na Construção Civil

woman-studying-draft-on-construction-site (1)

Não podemos falar sobre Sistema de Gestão da Qualidade em empresas construtoras sem levar em consideração os referenciais normativos do Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-h).

O PBQP-h é um instrumento do Governo Federal, criado com o objetivo de organizar o setor da construção civil por meio da melhoria da qualidade do habitat e da modernização produtiva.

O PBQP-h é pré-requisito para as empresas construtoras aprovarem projetos junto à Caixa Econômica Federal (CEF) para participarem do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), e necessário também para diversas linhas de financiamentos junto à Caixa Econômica Federal e outras instituições de crédito privadas.

http://pbqp-h.mdr.gov.br/download_doc.php

Além dos financiamentos, a implantação de um sistema de gestão da qualidade, baseado nos referenciais normativos do PBQP-h, podem trazer diversos benefícios para as construtoras, como padronização dos serviços, redução de desperdícios, aumento da qualidade dos produtos acabados, organização de canteiros de obras, análise de dados e uma proximidade da alta direção com os níveis de produção.

O referencial normativo que direciona a implementação de um SGQ dentro de uma empresa construtora é o Sistema de Avaliação de Conformidade de Empresas de Serviços e Obras da Construção Civil (SiAC), sendo dividido nos níveis de certificação A e B.

O SiAC utiliza a abordagem de processos para o desenvolvimento, implementação e melhoria da eficácia do SGQ da empresa construtora, visando aumentar a satisfação dos clientes no que diz respeito ao atendimento de suas exigências. Tem como princípios o foco no cliente, liderança, engajamento dos colaboradores e parceiros, sistemática de gestão, melhoria, tomada de decisão baseada em evidências, gestão do relacionamento com os fornecedores, entre outros aspectos.

Dentre os benefícios encontrados na implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade baseado nos requisitos do SiAC, podemos destacar:

– Ampliação do mercado

– Acesso aos recursos do Governo Federal para execução de obras

– Aumento da produtividade

– Redução do desperdício

– Profissionalização da mão-de-obra do setor

– Redução dos custos da qualidade (retrabalhos, reparos, etc.)

– Reconhecimento de clientes

– Melhor seleção e relacionamento com fornecedores

– Melhoria de processos internos

– Qualidade do produto

– Modernização do setor

– Elevação dos índices de conformidade dos materiais, componentes e sistemas construtivos inseridos no PBQP-H

– Promoção do desenvolvimento tecnológico do setor e evolução dos métodos de gestão

 

CONTROLE DE QUALIDADE NA OBRA

 

Até agora falamos sobre o PBQP-h e seus benefícios de uma forma mais organizacional, considerando o negócio como um todo. Agora vamos direcionar um pouco o assunto para a construção em si, apresentando alguns dos controles que são propostos pelo PBQP-h para o canteiro de obras.

 

1. Controle de Materiais

Os materiais utilizados durante a construção devem ser controlados por todo o seu ciclo no canteiro de obras, desde o recebimento, armazenamento e utilização, com base em critérios que devem ser definidos pela empresa construtora.

 

2. Controle Tecnológico 

Alguns materiais possuem especificações técnicas que garantem não apenas a qualidade, como também a segurança estrutural das construções, como os blocos estruturais, argamassas e concretos. Esses materiais devem ser ensaiados para verificação de suas resistências para atendimento das especificações de projetos, conforme suas respectivas normas da ABNT.

 

3. Rastreabilidade

Complementando o item anterior, alguns destes materiais que devem ser ensaiados, não podem esperar o resultado do ensaio antes da sua aplicação, como o exemplo das argamassas e concretos. Neste caso, os locais de aplicação destes materiais devem ser identificados para possíveis correções em caso de resultados abaixo dos esperados nos ensaios.

 

4. Controle de Serviços

Como falamos anteriormente, um SGQ tem como base a abordagem por processos. Pois bem, cada serviço executado dentro de uma obra é um processo, sendo necessário definir suas métricas de execução, ferramentas e equipamentos aplicáveis, visando uma padronização do processo e assim contribuindo com o aumento da produtividade.

 

5. Verificação de Serviços

Devem ser definidos também os parâmetros para conferência dos serviços executados, assim como, devem ser mantidos os registros destas verificações, buscando aumentar a qualidade dos serviços executados e contribuindo para a redução dos retrabalhos dentro da obra.

 

6. Validação de Serviços

Seguindo a mesma linha do item anterior sobre a verificação dos serviços, alguns deles necessitam de um tempo maior de espera após a conclusão para que a verificação seja eficaz, como por exemplo a execução da argamassa de revestimento externo, que pode apresentar problemas com o passar do tempo devido à movimentações da estrutura e exposição à intempéries. Sendo assim, é necessário que esses serviços sejam validados com a execução de protótipos dentro da obra.

 

7. Preservação de Produto

De nada adianta controlar a execução e verificar os serviços se, após concluído, alguém danificar o que foi feito. Neste caso é necessário criar controles na obra para preservar a integridade dos serviços concluídos até a entrega final para os clientes.

 

A implementação destes controles no canteiro de obras pode trazer resultados satisfatórios tanto na qualidade e organização da obra, quanto financeiramente.

As vantagens são diversas e podem ser utilizadas por qualquer um, não sendo exclusivo apenas para obras que possuem um Sistema de Gestão da Qualidade implementado.

Se você se interessou e quer aprender mais sobre como implementar os controles em sua obra, confira nosso eBook Obra com Qualidade, onde apresentamos de forma mais detalhada como implementar estes controles, inclusive com a apresentação dos documentos que integram estes processos.

Deixe seu comentário caso tenha qualquer dúvida sobre o assunto e teremos o prazer em contribuir com você.

Deixe o seu comentário